17/01/2013

#Resenha 08 - A menina que não sabia ler


Na tradição de Henry James e Edgar Allan Poe, uma história incrível sobre uma menina e o poder de sua imaginação. 
 
Título original: Florence and Giles
Autor: John Harding
Editora LeYa [www]
Avaliação: ♥♥♥
Gênero: Mistério, Ficção, Literatura Inglesa
- Sinopse: 1891. Nova Inglaterra. Em uma distante e decadente mansão, onde nada é o que parece, dois irmãos são negligenciados pelo seu tutor e tio. A jovem Florence, de apenas 12 anos, passa os dias cuidando de seu irmão mais novo, Giles, e perambulando pelos corredores, em uma rotina tediosa e desinteressante. Até que, um dia, a menina encontra a biblioteca proibida da mansão, e apaixona-se por ela.
Mas existem segredos sombrios naquela casa que jamais deveriam ser revelados. Por que Florence sempre sonha com uma misteriosa mulher que insiste em ameaçar seu irmão? O que esconde a nova preceptora? E por que o tio não permite que ela aprenda a ler? Florence precisa encontrar muitas respostas – sejam elas inventadas ou não, e soluções nem sempre fáceis para proteger Giles, e o seu amor pelos livros [...].
[Continue lendo e veja a resenha] 


---- J u h h   S o u s a
Com uma historia sob influência de Henry James e (meu amado corvo) Edgar Allan Poe, John Harding nos envolve, cosome e intriga em A Menina Que Não Sabia Ler, uma obra misteriosa além das últimas páginas. Ao ler e sentir a aura deste livro que, assim como nas obras de Poe, vemos uma historia rumando ao imprevisível e nos intrigando muito além do esperado, nos deixando agitados e tontos com o mistério que nos é contado.
Pra mim, uma boa obra de mistério é aquela em que as palavras não são suficientes para esclarecer todas as dúvidas, deixando-nos com cada virar de páginas que leva nossa imaginação as alturas. E nesses aspectos, Harding me impressionou muito nesse primeiro livro que leio de sua autoria. Constantemente, A Menina Que Não Sabia Ler me faz duvidar se a mente de Florence, a narradora do livro, esta separando o que é real do que é invenção. E utilizar de uma mente, assim tão fantástica, para conduzir a historia, foi pra mim, o que levou esse livro a ser um mistério tão bom de ser lido.
Recomendo a todos que querem agitação, doce mistério e uma febril imaginação.

Se curtiu a postagem, agora você tem a opção de compartilha-la com seus amigos. Para isso, basta escolher uma rede social na caixinha cinza ao final de todos os posts.
Siga o Maio97 e ajude o blog a crescer. Se quiser fazer parcerias e/ou ser colaborador no blog, entre em contato através do formulário na aba contato, no cabeçalho do blog.
Dicas, sugestões, e criticas construtivas são sempre muito bem vindas. Divida sua opinião comigo através da área dos comentários.

3 comentários:

  1. Eu tenho muita vontade de ler esse livro, sua resenha só me deu mais vontade ^^

    Té mais...
    http://bmelo42.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que minha resenha tenha tido esse resultado. ;)
      O livro é muito bom, tenho certeza que você gostará.!

      Espero lhe ver novamente aqui no Maoi97.
      Bjs, e muito obrigado pelos comentarios.

      Excluir
  2. Eu adorei o livro! Até hje não sei se Flor estava alucinando não sabendo separar o imaginário do real, ou se ela estava realmente certa! O livro é mto bom e tbm recomendo! Parabéns, ótima resenha!
    Beijo!
    http://booksmanybooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Criticas e sugestões são sempre bem-vindas ;)
Se gostou de algo, comente, e compartilhe. ;))

 
Tecnologia Blogger e templante desenvolvido por Juliana Sousa. Proibida cópia ou reprodução. Confira os créditos.