10/01/2012

O diario de um mago

      Para começar esse momento resenha, eu irei indicar um livro de um brasileiro. Esse livro é de um grande homem no mundo da arte, Paulo Coelho.
     Para quem nunca ouviu falar de Paulo Coelho, eu farei um momento autor no próximo post.
     No momento vamos nos concentrar nesse livro que adorei reler.

    O DIÁRIO DE UM MAGO - Paulo Coelho
   Esse livro, é de fatos reais, que se passaram com o autor.
   Paulo Coelho nessa época retratada no livro, é - pelo menos no meu ver - alguém ainda conhecendo os mistérios do mundo. Neste livro, Paulo vai em busca de sua espada. Para achar ela, Paulo deve cruzar a pé os quase setecentos quilômetros que separam o sul da França da cidade de Santiago de Compostela, na Galícia.
   O livro fala de muita fé em Deus. Diga-se de passagem que sou ateia, mas essa é uma obra que fala muito da vida de pessoas comuns e tem muitas passagem por períodos antigos.
   Mas essa historia não é apenas de um homem em busca de sua espada! Essa historia é também sobre um homem em busca dos mistérios sagrados da MAGIA, seu surpreente encontro com um guia italiano, as experiências místicas conhecidas como As Práticas RAM, e a peregrinação através de um dos três caminhos sagrados da Antiguidade: O Estranho Caminho de Santiago,  conhecido também como O Caminho das Pessoas Comuns.
    
     Muitos iram se perguntar porque um brasileiro que uma espada. Paulo Coelho, atualmente é um mago. E o símbolo do mago é sua espada, assim como das bruxas é uma varinha.
     Esse livro fala muito de magia, mas é tudo bem real. Essa magia vem da chamada Tradição.
     E o livro retrata bem como as pessoas vêem o mundo.
     Irei passar algumas frases que marque no livro como as que gostei muito, só algumas hem!

                                   Continue lendo e veja frases do livro e mais informações.



[Sobre sabedoria]
    pág. 35 - Seria uma injustiça divina permitir que só as pessoas instruídas, com tempo e dinheiro para comprar livros caros, pudessem ter acesso ao verdadeiro Conhecimento.
   - O verdadeiro caminho da sabedoria (...) tem que ter uma aplicação prática na sua vida, senão a sabedoria torna-se uma coisa inútil e apodrece (...).
   - " E finalmente, ele tem que ser um caminho que possa ser trilhado por qualquer um. (...)".     
 
[Sobre sonhos e o Bom Combate]
     pág. 62 - (...) O sonho é o alimento da alma, (...). Muitas vezes, em nossa existência, vemos nossos sonhos desfeitos e nossos desejos frustrados, mas é preciso continuar sonhando, senão nossa alma morre (...).
 - " O Bom Combate é aquele que é travado em nome de nossos sonhos. (...) - na juventude - nós temos muita coragem, mas ainda não aprendemos a lutar. Depois de muito esforço, terminamos aprendendo a lutar, e então já não temos a mesma coragem para combater. Por causa disto, voltamos contra nós mesmos e combatemos a nós mesmos, e passamos a ser nosso pior inimigo. Dizemos que nossos sonhos eram infantis, difíceis de realizar, ou fruto de nosso desconhecido das realidades da vida. Matamos nossos sonhos porque temos medo de combater o Bom Combate. "
       pág. 63 - O primeiro sintoma de que estamos matando nossos sonhos é a falta de tempo (...).
       " O segundo sintoma da morte de nossos sonhos são nossas certezas. Porque não queremos olhar a vida uma grande aventura a ser vivida, passamos a nos julgar sábios, justos e corretos no pouco que pedimos da existência. (...)
       (...), o terceiro sintoma da morte de nossos sonhos é (...).
       pág. 65 - (...) todos os dias: vemos sempre o melhor caminho a seguir, mas só andamos pelo caminho que estamos acostumados.
       pág. 66 - De todas as maneiras que o homem encontrou para fazer mal a  si mesmo, a pior delas foi o Amor.

[Quando Paulo encontra o seu inimigo no caminho]
       pág. 128 - Não fique criando mais fantasias num mundo já tão extraordinário.
       pág. 130 - Uma apeaça não pode provocar nada, se não é aceita. (...) atacar ou fugir faz parte da luta.

[Quando Paulo entende o segredo de sua espada]
       pág. 240 (...) eu atingiria meus sonhos se descobrisse primeiro o que desejava fazer com eles.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Criticas e sugestões são sempre bem-vindas ;)
Se gostou de algo, comente, e compartilhe. ;))

 
Tecnologia Blogger e templante desenvolvido por Juliana Sousa. Proibida cópia ou reprodução. Confira os créditos.